Pesquisar este blog

Tradutor

domingo, 14 de janeiro de 2018

Aniversário, Esperança e Coldplay



É amigos...hoje sopro as velinhas novamente!
A vida não para! Quando a gente vê...
E seguimos com o coração cheio de esperança.
Acreditando que coisas grandiosas estão por vir!
Ainda bem né?
Esperança...essa é a palavra. 
Ela tem que estar dentro do coração para nos fazer olhar pra cima, pro alto, para as estrelas.
Acreditando...sempre acreditando...
Mas nunca esqueço de viver o presente da forma mais bonita...
Como ele tem que ser vivido.
Com o a alma cheia de gratidão e fé.

E já que estou de aniversário...tenho direito de pedir música.
A trilha sonora de hoje, é da minha banda preferida: Coldplay 
E a música só poderia ser UP&UP...
Que fala exatamente sobre isso...da esperança que não pode morrer. 
Que apesar das rasteiras da vida, acreditamos que sempre algo melhor pode acontecer! 
E acredite amigos...acontece mesmo! 
Eu acredito! 
Parabéns pra mim....
e beijos para todos! ☺


sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Quando o filho diz em seu íntimo aos pais...


"(...) quando o filho diz em seu íntimo aos pais: "Eu tomo a vida de vocês assim como vocês a receberam de seus pais e mais para trás de todos os seus antepassados, com tudo que isto traz consigo em termos de possibilidades e limitações, em alegria e tristeza, em tarefas e em ganhos e no preço inevitável. Vocês são os pais unicamente possíveis e unicamente certos para mim. Portanto tomo-os como meus pais da maneira que vocês são, como os únicos e melhores para mim". Neste instante toda a força dos pais poderá fluir para o filho, e o filho se sente enriquecido e realizado através de seus pais, e os pais se sentem assim através de seu filho. Naturalmente, os pais também têm suas falhas. Também eles, como todos os seres humanos, estão limitados em suas possibilidades devido a sua origem e a sua história e principalmente por sua culpa pessoal. Por mais estranho que isto possa parecer, isso não os diminui e sim os engrandece, pois pais imperfeitos transmitem mais a realidade da vida do que pais perfeitos. Se de um lado não tornam a vida fácil para os filhos, por outro lado os preparam de modo abrangente para a vida real. Assim, quem concorda com seus pais da maneira que são, quem os respeita da maneira que são, quem os aceita também com aquilo que eles lhe impõem e dele exigem ganha, através disso, toda a força que lhe puderam prover". 

Bert Hellinger
imagem:google

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Ninguém ama alguém que não se ama...


NINGUEM AMA ALGUÉM QUE NÃO SE AMA

A pessoa que ama a si mesma se torna graciosa, elegante. A pessoa que ama a si mesma é destinada a se tornar mais silenciosa, mais meditativa, mais devotada do que a pessoa que não ama a si mesma.
Se você não ama a sua casa você não a limpa; se não ama a sua casa não a pinta; se não a ama não a circunda com um belo jardim, com uma lagoa de lótus. Se você se ama, criará um jardim ao redor de si mesmo. Tentará aumentar seu potencial, tentará demonstrar tudo o que está dentro de você para ser expressado. Se você ama, continuará banhando a si mesmo, nutrindo a si mesmo.
E se ama a si mesmo, ficará surpreso: os outros amarão você. Ninguém ama uma pessoa que não ama a si mesma. Se não pode nem amar a si mesmo, quem mais vai se importar?”

Osho
imagemdaqui


quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Exercício para ser feito na virada do ano


Escreva em um círculo de papel em letra de forma e maiúscula.
O tipo de papel utilizado ficará a seu critério.
Comece dirigindo o pedido ao Criador.
Escreva seus pedidos como se fosse um diário: o que você deseja, seus planos etc. Não se importe com as rasuras. Use sempre os agradecimentos no tempo do verbo presente.
Não escreva as palavras no tempo futuro, como também evite palavras do tipo: “não”, “jamais”, “dívida”, “sonho” etc.

UM EXEMPLO DO QUE “NÃO” DEVE FAZER:
1 – Gostaria de arrumar um emprego melhor.
2 – Quero emagrecer.
3 – Quero encontrar um namorado.
4 – Quero melhorar minhas finanças.
5 – Quero fazer a viagem dos meus sonhos.

O CORRETO É:
QUE TODAS AS PESSOAS QUE TENHAM OS MESMOS DESEJOS QUE EU TAMBÉM SEJAM ATENDIDOS.
. Obrigado(a) pela Saúde perfeita - 1814321
. Obrigado(a) pela Proteção Divina 8888
. Obrigado(a) pelo emprego bem remunerado 218 494517601
. Obrigado(a) pelo peso ideal 4812412
. Obrigado(a) pelo amor harmonioso – 888 412 1289018
. Obrigado(a) pela abundância financeira 318 798
. Obrigado(a) pela viagem maravilhosa (especificar um lugar definido).(894 719 78 48 alcançar metas)

CONCLUA SUA LISTA COM OS CÓDIGOS DE SUA PREFERÊNCIA*
Depois de pronto, espere a hora da virada para fazer sua mentalização e queime seu círculo… Assim, o pedido se transformará em um vértice de energia, atuando de forma psíquica no inconsciente para que tudo dê certo.


No final diga : De agora e para sempre até o infinito!

Espere a resposta que poderá acontecer de várias maneiras: através da intuição, de um amigo ou de alguma referência do pedido.Você verá que a maioria dos pedidos se realizará .

Lumena Brizzi Guedes


* Os códigos que Lumena se refere, são os Numeros de Grabovoi,
 saiba mais sobre esse assunto - AQUI 

Com os pedidos lançados ao Universo...Pensamentos positivos...e muito amor....
Feliz 2018 amigos! <3

sábado, 23 de dezembro de 2017

Natal e um poema...


"...Quando a gente ouve uma história que nos comove, ela entra dentro da gente, faz a gente rir, faz a gente chorar, faz a gente amar, entra dentro da gente e se aloja no coração. A História do Natal é assim, muito simples: Um menininho que nasceu em meio aos bois, vacas, ovelhas, cavalos, jumentos... Era um menininho pobre. Mas diz a história que quando ele nasceu aconteceu uma mágica com o mundo: as árvores se cobriram de vaga-lumes, as estrelas brilharam com um brilho mais forte, e até uns reis deixaram os seus palácios e foram ver o nenezinho. A visão do menininho os transformou.
Os adultos, que ao falar sobre Deus, imaginam um ser muito grande, muito poderoso, muito terrível, ameaçador, sempre a vigiar o que fazemos para castigar depois. Pois o Natal diz que isso é mentira. Deus é menino. Ele está muito mais próximo de nós. E foi ele que, depois de crescido, disse que para estar com Deus bastava voltar a ser criança. 
Na noite do Natal, antes de abrir os presentes, antes de começar a comedoria, peça para alguém lhe contar a história do menininho...
E, se ninguém souber contar, leiam esse poema sobre o Menino Jesus, escrito por um poeta que queria ser menino."

Tive um sonho. 
Vi Jesus Cristo descer à terra.
E era outra vez menino.
A correr e a rolar-se pela erva
E a rir de modo a ouvir-se de longe.
Ele tinha fugido do céu.
Um dia que Deus estava a dormir
E o Espírito Santo andava a voar,
Ele fugiu para o sol
E desceu pelo primeiro raio que apanhou.

Hoje ele vive na minha aldeia comigo.
É uma criança bonita de riso natural.
Limpa o nariz ao braço direito,
Brinca nas poças de água,
Colhe flores...
Rouba fruta dos pomares...
A mim ensinou-me tudo.
Ensinou-me a olhar para as coisas...

Ele mora comigo na minha casa.
Ele é a Eterna Criança, o Deus que faltava.
Ele é o humano que é natural.
Ele é o divino que sorri e que brinca.
E por isso é que eu sei, com toda a certeza
Que ele é o Menino Jesus verdadeiro.
Criança tão humana que é divina.
E é porque ele anda sempre comigo que eu sou poeta sempre,
E é por isso que o meu mínimo olhar
Me enche de sensação,
E o mais pequeno som, seja do que for,
Parece falar comigo.

A Criança Nova que habita onde vivo
Dá-me uma mão a mim
E a outra a tudo que existe
E assim vamos os três pelo caminho que houver.
Saltando, cantando e rindo
E gozando o nosso segredo comum
Que é o de saber por toda a parte
Que não há mistério no mundo
E que tudo vale a pena.

A Criança Eterna acompanha-me sempre.
Vivemos juntos os dois,
Com um acordo íntimo.
Ao anoitecer brincamos com as cinco pedrinhas,
No degrau da porta de casa.
Depois eu conto-lhe histórias das coisas só dos homens
E ele sorri, porque tudo é incrível...

Depois ele adormece e eu deito-o.
Levo-o ao colo para dentro de casa
Ele dorme dentro da minha alma
E às vezes acorda de noite
E brinca com os meus sonhos...
Sorri para o meu sono.

Quando eu morrer, menino,
Seja eu a criança, 
Pega-me tu ao colo
E leva-me para dentro da tua casa.
Despe o meu ser cansado e humano
E conta-me histórias, caso eu acorde,
Para eu tornar a adormecer.
E dá-me sonhos teus para eu brincar
Até que eu nasça qualquer dia
Que tu sabes qual é.

Esta é a história do meu Menino Jesus...

Alberto Caeiro

Desejo a todos um Feliz Natal 
E que a criança que te habita esteja sempre viva, com os olhos atentos, 
cheia de vontade de viver! 


sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Parabéns Passarinhos!



E né que se passaram 8 anos gente!
Sim amigos!!! 8 anos que eu resolvi criar essa blog.
8 anos compartilhando mensagens, textos, minha vida...
Agradeço, de coração, a todas que me acompanham aqui e nas redes sociais.
Gratidão pelo carinho!
Então...Vida longa aos Passarinhos! 
Palmas! 
plac plac plac plac  :)

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

O Advento...


Hoje começa oficialmente o advento. 
É um período em que as pessoas se preocupam em limpar e enfeitar suas casas para o Natal. 
Mas é muito mais do que isso.
É um período em que devemos fazer faxina também em nossas almas e nossos corações. 


Tirar a poeira e teias de aranha da casa, enquanto tiramos os maus sentimentos de nossos corações: ódio, mágoa, ressentimento, inveja, egoísmo…
Afastar os móveis para fazer a limpeza, e também afastar atitudes negativas como pré-julgamento, rejeição, condenação, críticas, grosseria, mentiras, maledicência, avareza, cinismo…


Limpar as janelas e limpar também o olhar, para realmente ver as pessoas à sua volta e prestar atenção aos sentimentos delas e às suas necessidades. 
Terminada a limpeza, aí sim iniciar a decoração.
Encher o coração de amor, ternura, respeito, compaixão e carinho. 
Encher-se de atitudes positivas como acolhimento, gentileza, generosidade… 
Tentar transmitir às pessoas, próximas ou distantes, sentimentos como autoestima, confiança, paz… 
Então, quando o dia de Natal chegar, estaremos preparados para dizer: 
pode entrar, seja bem-vindo, Senhor Jesus!

Texto de Maria Amélia Ruiz
imagens: google


terça-feira, 28 de novembro de 2017

Pai nosso, que...



Pai nosso, que estás nas flores, no canto dos pássaros, no coração a pulsar; que estás na compaixão, na caridade, na paciência e no gesto de perdão. Pai nosso, que estás em mim, que estás naquele que eu amo, naquele que me fere, naquele que busca a verdade Santificado seja o Teu nome por tudo o que é belo, bom, justo e gracioso. Venha a nós o Teu reino de paz e justiça, fé e caridade, luz e amor. Seja feita a Tua vontade, ainda que minhas rogativas prezem mais o meu orgulho do que as minhas reais necessidades. Perdoa as minhas ofensas, os meus erros, as minhas faltas. Perdoa quando se torna frio meu coração; Perdoa-me, assim como eu possa perdoar àqueles que me ofenderem, mesmo quando meu coração esteja ferido. Não me deixes cair nas tentações dos erros, vícios e egoísmo. E livra-me de todo o mal, de toda violência, de todo infortúnio, de toda enfermidade. Livra-me de toda dor, de toda mágoa e de toda desilusão. Mas, ainda assim, quando tais dificuldades se fizerem necessárias, que eu tenha força e coragem de dizer: Obrigado, Pai, por mais esta lição!

Que assim seja!!!

domingo, 19 de novembro de 2017

Para que nada possa nos atingir...


"A mente não é natural. Normalmente ela está repleta de lixo, como um espelho coberto de poeira. Há um tráfego constante na mente: pensamentos, desejos, memórias, ambições... Mesmo quando estamos dormindo, a mente continua funcionando, sonhando com preocupações e ansiedades. 
A meditação é um estado natural da mente que foi perdido. Meditação é um estado de não-mente. Só podemos encontrá-la parando o pensamento, colocando a mente de lado, tendo a consciência de que não somos a mente.
Sem pensar no passado nem no futuro, focando apenas no momento presente. Vendo os pensamentos passarem lá longe, como nuvens, sem se identificar com eles. Sem qualquer desejo, sem qualquer anseio. Nesses momentos de paz é que descobrimos quem somos e conhecemos o mistério da existência. Recuperar este estado é tudo o que é preciso. No caminho espiritual conforme vai se tornando mais consciente, e se mantendo cada vez mais presente estará também gradualmente se identificar cada vez menos com seu ego, seu eu ilusório, isso não significa falta de amor próprio ou que não se importa mais com você. Significa justamente o contrário você está tão cheio de energias elevadas em alto astral e com alto estima elevada que é como se nada pudesse te atingir mais."

Osho
imagem: google


terça-feira, 14 de novembro de 2017

A gente vai caminhando e deixando tanto pelo caminho...



Às vezes, de tanto perder, a gente passa a sentir medo de ter…
Não temos controle sobre os acontecimentos, mas podemos controlar o que guardamos dentro de nós, mantendo o que enriquece e esquecendo o que não contribui em nada.
Essa vida nossa de cada dia não é fácil. Os problemas parecem se avolumar com a passagem do tempo e, pior ainda, quanto mais vivemos, mais pessoas perderemos, inclusive aquelas que nos eram porto-seguro: nossos pais. 

Nada é previsível, tudo pode mudar em um átimo de segundo, não há nada que não possa ser virado de cabeça para baixo.

Sim, ganhamos muito com as experiências, mas sempre existirão perdas irreparáveis pelo caminho.
Embora as incertezas que nos envolvem sejam inúmeras, acabamos nos apegando a certas coisas, certos momentos e a determinadas pessoas, na tentativa de salvaguardar um pouquinho de segurança em nossas vidas. E, nesse sentido, não raro nos prendemos a muito daquilo que nada acrescenta, a lembranças dolorosas, a pessoas que ficam ali sem estarem juntas de verdade. É assim que, mesmo achando que temos coisas nossas e pessoas próximas, de fato estamos perdendo: perdendo tempo, perdendo afeto, perdendo um pouco de nós mesmos a cada dia.
Ainda assim, por mais que nos enganemos com a permanência ilusória do que achamos ser nosso, impossível não percebermos o tanto de gente que se vai, de oportunidades que se distanciam, de momentos que ficam lá atrás.
A gente vai caminhando e deixando tanto pelo caminho e, enquanto nos agarramos ao que não tem serventia, muitas vezes deixamos escorrer por entre nossas mãos o que deveria ficar.
E o que ficou forçado se fragiliza, enfraquece e acaba indo embora também, uma ou outra hora.
É por isso que muitas pessoas, com o tempo, acabam não se permitindo mais amar, não se entregando, não se abrindo, fechando-se em si mesmas, fugindo ao amor, à amizade, a qualquer tipo de relacionamento. Deixam a dor preencher toda a sua essência, não reservando espaço para o prazer dos encontros verdadeiros, tornando-se incapazes de tentar de novo. É por isso que tantas oportunidades e tantas pessoas especiais passam e se deixam escapar.

Marcel Camargo
imagem:google


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...